Maílson da Nóbrega Economia e Política

Livros

MAILSON DA NÓBREGA: Além do feijão com arroz

MAILSON DA NÓBREGA:
Além do feijão com arroz

A autobiografia de Mailson da Nóbrega, intitulada "Além do feijão com arroz", é a trajetória de um filho de família pobre do interior da Paraíba, cujos esforços para estudar e dedicar-se ao trabalho o conduziram ao cargo de ministro da Fazenda e depois à posição de bem sucedido consultor e respeitado intelectual. Sua carreira começa no Banco do Brasil em 1963, em Cajazeiras, sertão da Paraíba.

Dali os desafios o levam ao Rio de Janeiro e a Brasília, onde assume os mais altos postos da hierarquia técnica do BB e começa uma longa participação em ministérios. Integrou como técnico o governo federal nas décadas de 1970 e 1980, quando começava a se esgotar o modelo de desenvolvimento baseado na substituição de importações e surgiram as seguidas crises que caracterizariam os anos 1980: a herança do referido modelo, a crise da dívida externa e o processo hiperinflacionário.

Mailson vê de perto essas crises, luta para debelá-las e participa das transformações institucionais que preparariam o Brasil para a abertura da economia e para a nova fase que se inicia em meados dos anos 1990 com a vitória contra a inflação. Nos anos 1980, lidera os estudos que resultaram na modernização institucional das finanças públicas e abririam o caminho para a autonomia operacional do Banco Central.

Antes de se tornar ministro, em janeiro de 1988, trabalha por cerca de dois anos em Londres, como diretor Executivo do European Brazilian Bank - Eurobras, quando aprimoraria seus estudos e assistiria a muitas das transformações que ali ocorriam sob a liderança de Margaret Thatcher.
A autobiografia foi escrita com Louise Z. Sottomaior ( http://www.louisemaior.com.br) e Josué Leonel.